sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Por Aqui...

Fuente Dé




Por aqui...
O vento passa o frio aperta
É densa a bruma que uma vida desperta
No silêncio matinal longe do mundo articulado
Observo com cautela em passividade
O milagre da vida que meu coração invade
Por aqui...
A vida veio! E eu a vi!
Instantes de dor, instantes de amor
Momentos ùnicos...lindos enternecedor
Meus lábios sorrindo de satisfação
Meus olhos lacrimejando de emoção
Por aqui
Galopando à deriva
De crina solta ao vento
Um poltro nasceu e livremente irá medrar
Sem que ninguém o  possa domar
E assim continuará pela vida  passará
Desfrutando a liberdade que é sua por direito
E eu...
Recordarei agradecida a experiencia delirante
Que num momento afortunado vivenciei
E nos meus sentidos mais profundos da vida
Agradecida recordarei...
A vida que veio aqui...e eu presenciei!

Fuente Dé ( Picos da Europa)

Uma vida começa...