terça-feira, 8 de janeiro de 2013


13/7/2012

Desfila ondulante
Em teias de cetim
Devora sua vitima 
Num gélido festim


Sem comentários: