segunda-feira, 7 de janeiro de 2013


12/6/2012

É de ouro a luz que tu efluas
Divino fulgor com que me afagas
Teu manto quente
Com que me agasalhas
É de ouro a luz
Que meu corpo sente
Quando fecho meus olhos 
E seco minhas lágrimas

Sem comentários: