segunda-feira, 7 de janeiro de 2013


16/6/2012

Homem muralha
Protege-me sem temor
Da tristeza da depressão
Da ansiedade sem razão
Acolhe meu coração
E estende a meu redor
A estrada desbravada
Duma guerra por mim vencida
Rebaptiza-me sentimentos
Abafa meus intentos
E por breves momentos
Sê meu anjo nesta vida

Sem comentários: