terça-feira, 23 de abril de 2013

 Do Inverno à Primavera...
Desfiei lamentos que meu coração torturou
Ultrapassei sofrimentos...Calei minha boca
Viajei sem rumo quase louca
E no intervalo do tempo
Em que o gelo gelava meu corpo 
O sol  meu coração esquentou
Surda prá maldade ecoei hinos de alegria
De alma fortificada sacudi a mente
E renovada acordei prá vida definitivamente

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Azenhas do Mar... Meu presépio à beira mar... Que sempre me faz sonhar, reviver e renascer!!!

segunda-feira, 15 de abril de 2013


Sinto-me perdida numa ilha deserta à muito esquecida
Morrendo de tristeza dor e solidão
Meu coração é fogueira apagada desvanecido de  negras cinzas e escuridão
Hoje sem foto....

Olho em redor e vejo a vida de  demónio mascarada
E quão injusta pode ser a vida...
E eu.. de sonhos quase extinta...agarro-me ao sonho factível 
E em suave ritual desfaço o nó que me emudece
E um silêncio agudo ecoa por fim dentro de mim
Não estou só! Conheço a grandeza do amor e da amizade
São minhas as palavras  imperativas que me impulsão  a viver
Não me furtaram as asas nem a voz nem a liberdade de assim ser
Entrego-me na alva paz, repasto-me no verde esperança
E neste bem-estar entorpecido sorvo o ar e digo p'ra comigo
Sou fortaleza em dor mergulhada mas não me roubaram a voz
Serei lágrima caída... abandonada...serei tudo.. serei nada
Não obstante sem embargo alcançarei minha foz



sexta-feira, 12 de abril de 2013

No caudal da ria
Pernoitam embalados pela fresca brisa
Os Moliceiros
Nesta cidade de luz inundada
A noite faz-se calma...
Por hoje.. que, nas noites de veraneio
 A juventude toma as ruas de "assalto"
E brinda à vida e goza a jovialidade
Os Moliceiros passeiam namorados
De mãos e corações entrelaçados
E sonham sonhos sonhados...ou ainda por sonhar
Aveiro, Veneza de Portugal
Cidade de enorme beleza
Assim que meus olhos avistam
Tua beleza refletida
Sinto dor só de pensar na hora da partida.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Dias passados...Dias eternizados...Retalhos de vida feitos de memórias que as paginas deste livro vão aconchegando e que eu sempre irei recordar. Do meu projecto do ano de 2012 " one day, one photo and some words". Nasceu este livro que me deu imenso prazer compor. Partilho-o com muito gosto. Espero que gostem tanto como eu :) Muito obrigada. Beijinhos e felicidades.