terça-feira, 27 de abril de 2010

HINO AOS AMIGOS

Aos amigos que estão longe

Despertando saudade

E num simples SMS, em formato de SOS

Me devolvem a serenidade

Aos que me restituem o sorriso

Se estou prestes a chorar

Emprestando-me o seu ombro

Aplacando minha dor

Simplesmente com um olhar

Aos que me incitam às lágrimas

Por tanto gargalhar

Descontroladamente contorcida

Imensamente divertida rindo sem parar

Me devolvem a satisfação de viver a ilusão

De uma criança a galhofar

Aos que me fazem sentir princesa

Aos que me fazem sentir menina

Aos que me dão resistência

Aos que me ajudam a voar

E nunca me deixam desistir

Se me sinto pequenina

Aos que me fazem sentir o sal

Das lágrimas do meu pranto

Se por vós amigos choro

É por vos estimar tanto

Ao amigo virtual

Que por passo de magia

Quase parece real

Aos amigos que já não vejo

Porque o destino os levou

Permanecem sempre comigo

Num fulgor de um beijo

Que no meu rosto ficou

“Amigos de todos, amigos de nenhum”

Alguém um dia falou…

Me perdoe esse alguém

Por dele discordar

Terei um… Terei um cento…

A todos irei amar

Sem comentários: