quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Gotas de "Orvalho" Numa Tarde de Verão...



Gotas de "orvalho" numa tarde de Verão...
São lágrimas guardadas nas memórias de tempo idos
Memórias descoloridas de uma vida já gasta
São gemidos amordaçados que carecem de coragem de gritar... já basta!
Agonia disfarçada, desgosto aflição...espasmo decepção...
São campos plantados de verde esperança rogando aos deuses...coragem
São madrugadas douradas cobertas de flores de suave fragrância
Sorrisos da Natureza que em delicada beleza
Num sopro do  vento  oscilam seus corpos em sensual dança
E eu...sou mera espectadora, fantasista, sonhadora
Contemplando a felicidade à distancia

2 comentários:

Nina Filipe disse...

Olá Aninha mais uma composição tão linda, como casam tão bem as fotos com os poemas.
Tem uma magia tão elevada que parece que estão a falar um com o outro, Ana só uma alma de artista consegue tão bela combinação...desejo um lindo fim de semana, espero que o seu filhote já tenha arranjado emprego, beijinhos querida.

Ana Simões disse...

Olá Nina muito obrigada pela visita e suas palavras sempre tão carinhosas
Não.. ainda não conseguiu nada... Irá por um ano "reforçar" a sua licenciatura e conhecimentos tirando um curso numa escola superior de Artes, onde e agora como mãe badada :) alcançou o 2º lugar numa curta de animação... essa mesma curta está neste momento na Suiça de novo a concurso.. as hipóteses são remotas de alcançar algum prémio, contudo já está permeado sendo o único representante português.
Acredito que a vida lhe irá sorrir :) Obrigada e um beijinho amigo.