sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Cansei...



Cansei de guiar-me á luz de um Deus maior descompadecido
Limar arestas almejando a perfeição de uma vida insipita e sem cor
Usar máscara de sorriso ocultando a dor esperando um paraíso desconhecido
Cansei travar  gestos e palavras pra não ferir, cansei de  ler/escrever  nas entrelinhas
De  pintar minha vida em tela alva e fria,  onde fontes de beijos e abraços  
Secam desprovidos de desejo e de desenlaçados laços
Cansei sentir meu chão fugindo de mim e de uma vida não regada
Jamais provar o fruto de uma árvore por mim nunca semeada..

Sem comentários: