quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Serenidade


 Em cada final há um recomeço...Tenho sede de serenidade
E neste silêncio quase perfeito onde nada acontece
 Permaneço quieta, simulando viver e deixo-me diluir... neste desejo grávido de esperança e afecto


Sem comentários: