quinta-feira, 10 de janeiro de 2013


27/9/2012

Não me cortem os sonhos 
Não me calem a voz
Deixem-me só...
Em silêncio... sentindo
O eco de sentimentos 
Sufocados sem dó

Sem comentários: