quinta-feira, 10 de janeiro de 2013


9/10/2012

Neste arbusto de branco mesclado
Relembro o passado sem temor
E na fugacidade de um instante
Sinto a doçura do teu sabor

Sem comentários: