quinta-feira, 10 de janeiro de 2013


22/11/2012

Neste divino curso de águas gélidas
Sussurros calmos adormecem minha agonia
Avisto o éden e em tão doce visão
Vou desfiando poesia

Sem comentários: