sexta-feira, 11 de janeiro de 2013


30/12/2012

Sente...O tic-tac do tempo que passa
É o novo ano que avido me quer brindar
E eu sorrateira o fico a esperar
Ansiando o que o mesmo tem para dar
E escrevo...e sonho...e espero...
Por fim o momento, que ao Ano Novo irei brindar

Sem comentários: