quinta-feira, 10 de janeiro de 2013


24/11/2012

Sublime espelho
Na mansidão das tuas águas
Há um doce embriagar
Meus sonhos despertam
Num doce germinar

Sem comentários: