quinta-feira, 10 de janeiro de 2013


4/11/2012

Quero ser como tu
Despida de memórias 
Ausente de lembranças
Viver na ignorância
No teu inocente viver
Colher doces momentos de prazer

Sem comentários: