quinta-feira, 3 de janeiro de 2013


17/5/2012

Depois da dor
Onde o tempo acrescenta sapiência
Subtraio o passado
Adito sonhos ao futuro ainda incerto
Cego meus olhos à memória
E ordeno ao presente
Viver em abastança glória

Sem comentários: