quinta-feira, 10 de janeiro de 2013


11/9/2012

De súbito do nada...
Uma miragem...
Príncipe encantado?... Cavaleiro andante?...
E a estranha visão, liberta um sorriso
Sigo-o com o olhar, invejando sua liberdade
E faço um registo de improviso

Sem comentários: